Gilma Menegusso – “Arte, motivação para a vida”, por Edmundo Cavalcanti

“A pintura não surgiu de uma forma cronometrada na minha vida, e sim de uma forma espontânea e natural, autêntica, hoje abraço todas as oportunidades e confesso encontrar segurança e bem estar em tudo que faço.”

Minha mãe sempre me ajudou, quando eu era pequena minha mãe me matriculou numa escola de artes, eu era muito criança, mas aquela atitude fez toda a diferença.

O campo das artes sempre foi reconhecido como um reduto da criatividade, onde o artista entra no processo criativo.

A criatividade não é uma exclusividade do artista, mais algo que o diferencia: O artista já sentiu a experiência do incomodo, uma sensação de inquietude, algo que o instigou a criar, lembro uma interessante imagem mostrada por May (1975), nos contando que os outros criam pérolas como forma de defesa, revestindo um cisco ocasional com muitas camadas de resina, como uma proteção natural ao seu espaço interno. Outras pessoas sem cisco vivem bem tranquilas e acomodadas, mas também não criam pérolas, tão admiradas por sua beleza.

CONFIRA A ENTREVISTA: https://www.obrasdarte.com/gilma-menegusso-arte-motivacao-para-a-vida-por-edmundo-cavalcanti/

Obra de Gilma Menegusso.
Obra de Gilma Menegusso.

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s