Primeiros Traços da Arte Moderna – Expressionismo Abstrato no Brasil por Rosângela Vig

Em meio à efervescência de pensamentos e de correntes que despontavam, o Moderno estético chegava ao Brasil influenciado pelas vanguardas européias, apresentando uma essência nacional, com a História que o país vivia, com a riqueza de cores, de pensamentos e dos próprios desassossegos das terras brasileiras. Num cenário em que duas Grandes Guerras assolavam o mundo; Revoluções internas geravam inquietações; o Brasil ainda era um país em crescimento, para onde se dirigiam imigrantes de outros países fugindo das guerras.

CONFIRA O ARTIGO: https://www.obrasdarte.com/primeiros-tracos-da-arte-moderna-expressionismo-abstrato-no-brasil-por-rosangela-vig/

Manabu Mabe, OSD, 50 x 60 cm, 1989, MB02, Obra com certificado, Brazil Gallery.
Manabu Mabe, OSD, 50 x 60 cm, 1989, MB02, Obra com certificado, Brazil Gallery.

Primeiros Traços da Arte Moderna – Expressionismo no Brasil por Rosângela Vig

E é de tal grandiosidade essa efervescência de pensamentos que desabrocha na obra em forma de alegrias, de desgostos e de aflições. Tal eloqüência ficou nítida na Poesia e na Arte brasileira do início do século XX. Quanto à Poesia, as palavras de Mário de Andrade deixam evidente esse espírito inquieto, ávido por articular toda sua melancolia. Seu estado de abatimento fica impresso na cena entristecida e fria, com o céu cinzento.

CONFIRA O ARTIGO NA ÍNTEGRA: https://www.obrasdarte.com/primeiros-tracos-da-arte-moderna-expressionismo-no-brasil-por-rosangela-vig/

Fig. – Meteoro, Bruno Giorgi, Escultura em Mármore branco de Carrara, 1967-1968. Foto: xenïa antunes from Brasilia, Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons.
Fig. – Meteoro, Bruno Giorgi, Escultura em Mármore branco de Carrara, 1967-1968. Foto: xenïa antunes from Brasilia, Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons.