Renata Adler inaugura exposição no Rio de Janeiro em setembro

Renata Adler, Planeta de Ferro. Foto: Divulgação.

Centro Cultural Parque das Ruínas, em Santa Teresa, recebe 26 esculturas da artista plástica inspiradas no sistema solar. Obras foram feitas a partir de técnicas que provocam reações químicas na matéria e utiliza materiais inusitados como o pó de café

O trabalho de Renata remete a uma frase famosa do químico e filósofo francês Lavoisier: “Nada se perde, tudo se transforma”, ao lembrar que uma das mais importantes pesquisas do químico foi determinar a natureza do fenômeno de combustão ou de oxidação rápida. “O que me interessa é justamente a energia da reação das matérias. Nas minhas esculturas em ferro ou outros materiais tento provocar o estado da matéria e suas contribuições às revoluções químicas – por vezes técnicas experimentais e epistemológicas. Sem hesitar costumo utilizar elementos incomuns, como por exemplo, o café, que assim acrescentam outra dimensão sensorial”, explica Adler.

RIO DE JANEIRO: http://www.obrasdarte.com/renata-adler-inaugura-exposicao-no-rio-de-janeiro-em-setembro/

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s